Convidadas

Sexta 02 Nov. | 21h30

Cátia Diogo

(Escola Superior de Tecnologia de Abrantes – Instituto Politécnico de Tomar)

 

Cátia Diogo, natural de Secarias, Arganil, licenciou-se em Teatro e Educação pela Escola Superior de Educação de Coimbra e em 2015 começou a estudar Cinema Documental, encontrando-se actualmente no último ano da licenciatura.

 

Filme convidado:

Mãe da Minha Mãe

Irene, filha, irmã, mulher e mãe, nasceu em 1941. E agora, em 2018 volta à aldeia onde nasceu com a sua neta para recordar o passado.
Os cenários vão mudando e as questões vão evoluindo.

 

 


 

 

Sábado 03 Nov. | 21h30

Laura Gonçalves e Alexandra Ramires (Xá)

 

Laura Gonçalves concluiu o curso de Arte e Multimédia­Animação, na Faculdade de Belas Artes, Lisboa em 2009. Trabalhou na animação e traçagem no filme “Viagem a Cabo Verde” realizado por José Miguel Ribeiro.

Trabalhou na Arte Final nos filmes “Independência de Espírito” de Marta Monteiro, “O Sapateiro” de Vasco Sá e David Doutel, “M” de Joana Bartolomeu. Intrecalação e traçagem no filme “Quem é Este Chapéu” de Joana Toste.

Em 2012 realizou a sua primeiro curta de animação “Três Semanas Em Dezembro”, com o Mestrado de Animação na Arts University Bournemouth.

 

Alexandra Ramires, licenciou­-se pela faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa em 2010 em Pintura, ano em que concluiu um semestre no Brasil na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, possibilitado pela bolsa de louvor Santander Totta.

Tem vindo a desenvolver trabalho na área do desenho no âmbito de residências e formação, explorando essencialmente a área do cinema de animação assim como a técnica da gravura.

Começou a trabalhar na área de animação em 2009 na produtora Sardinha em lata, tendo trabalhado em filmes como a Viagem a Cabo Verde de José Miguel Ribeiro, O Sapateiro de David Doutel e Vasco Sá e A Independência de Espírito de Marta Monteiro.

Desde 2013 trabalha na produtora Bando à Parte onde colaborou nos filmes Fuligem de David Doutel e Vasco Sá e Fim de Linha de Paulo D’Alva.

Água Mole é o seu primeiro filme, concebido juntamente com a realizadora Laura Gonçalves.

 

Filmes convidados:

Água Mole

Os últimos habitantes de uma aldeia não se deixam submergir no esquecimento.
Num mundo onde a ideia de progresso parece estar acima de tudo, esta casa flutua.

 

 

Três Semanas em Dezembro

É uma história pessoal que enaltece os laços familiares, utilizando o sketchbook e a famillia como referência, este filme segue um formato diaristico, mostrando diversas situações e eventos que fazem parte da cultura e rotina em Belmonte, durante a época do Natal.